Consumo ético

Portugal Ventures entra na start-up de agricultura celular Cell4Food

Portugal Ventures entra na start-up de agricultura celular Cell4Food

A Cell4Food, start-up portuguesa em agricultura celular na área alimentar e a primeira a nível mundial dedicada ao desenvolvimento de polvo celular, faz agora parte do portefólio da Portugal Ventures, a sociedade de capital de risco do Estado, que integra o grupo Banco Português de Fomento.

Segundo explicado em comunicado, a start-up está focada na biodiversidade atlântica e pretende ter uma posição relevante no mercado de produção de células animais para uma alimentação eticamente sustentável.

“A entrada da Portugal Ventures é decisiva para impulsionar os vários projetos de investigação e desenvolvimento que a Cell4Food está a lançar”, afirma o cofundador da start-up, Vitor Verdelho.

A empresa recebeu, no final do ano passado, o Prémio Inovação da Expo Fish Portugal com o projeto ‘Aquacultura Celular, para a produção de espécies marinhas, utilizando as tecnologias da cultura celular de alimentos’.

Recentemente, a Cell4Food assinou um protocolo de colaboração com o Centro de Biotecnologia dos Açores (CBA) da Universidade dos Açores (UAc).

José Espírito Santo, cofundador da Cell4Food, considera que os Açores, no centro do atlântico, são a região ideal para desenvolver a aquacultura celular. “De facto, entendemos que os Açores nos permitem ter acesso e proximidade à maior fonte de espécimes de alta qualidade de peixes e outros organismos marinhos.”

A agricultura celular, depois da recolha de células de animais saudáveis, cultiva e multiplica as células, coloca-as em suportes biológicos ou imprime-as em 3D para criar o produto final.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever

Download SU

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever