Economia Circular

Beat by be@t quer promover transição verde das empresas têxteis e da moda 

Beat by be@t quer promover transição verde das empresas têxteis e da moda 

O BCSD Portugal lançou a primeira edição do beat by be@t, um programa que une novos talentos de moda a PMEs do setor têxtil e vestuário para o desenvolvimento conjunto de soluções inovadoras para o setor.

Segundo explicado em comunicado, com o objetivo de revitalizar a indústria têxtil e do vestuário, o beat by be@t inclui formação, mentoria e workshops e está dividido em dois módulos especializados: ideação e aceleração.

As candidaturas para o primeiro módulo do programa, o be@t Ideação, podem ser feitas até 31 de março. Designers nacionais e engenheiros da área têxtil e de moda ou detentores de micro-marcas podem inscrever-se e apresentar soluções transformadoras para o setor, desde a criação de novas fibras ou a introdução de tecnologia nos processos de produção até estratégias de redução de desperdício e recursos.

Os designers ou engenheiros selecionados vão participar numa sessão de ideação desenvolvida em parceria com empresas têxteis associadas do beat by be@t – Riopele Textêis e Tintex Textiles.

No final do primeiro módulo, serão selecionados cinco vencedores que irão juntar-se a cinco PMEs para formar equipas que, ao longo de cinco meses, vão ter acesso a formação, mentoria e workshops personalizados que os capacitem para a criação de projetos-piloto de cariz sustentável e circular.

O programa termina com a apresentação destes cinco projetos na edição de outubro da ModaLisboa, onde será selecionado um vencedor. O prémio final inclui a possibilidade de comercializar o produto ou coleção num ponto de venda internacional vocacionado para a circularidade, acesso a consultoria especializada, formações e eventos exclusivos do programa beat by be@t edição 2024 e ainda a presença em comitivas portuguesas e em feiras internacionais.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever