Agricultura

Produtor de vinho português recebe pela primeira vez certificação FAIR’N GREEN

A José Maria da Fonseca é o primeiro produtor de vinho português a obter a certificação em sustentabilidade FAIR’N GREEN.

A certificação em sustentabilidade FAIR’N GREEN foi atribuída pela primeira vez a um produtor de vinho português, nomeadamente a José Maria da Fonseca. Esta certificação começou como um projeto entre produtores de vinho alemães, em 2013, mas já certificou quase 100 empresas em sete países.

A primeira referência da produtora a integrar a certificação FAIR’N GREEN é o vinho Periquita Reserva. Com cerca de 1 milhão de litros de produção anual, este vinho é vendido no mercado interno, mas também é exportado para vários países.

O presidente da José Maria da Fonseca, António Soares Franco, explicou, em comunicado, que “com base na nossa filosofia como empresa, era lógico expandirmos para uma certificação de sustentabilidade holística, que nos ajuda a melhorar sistematicamente ao longo do tempo”.

Por sua vez, o fundador e presidente do conselho da associação FAIR’N GREEN, Keith Ulrich, afirmou: “Damos as boas-vindas ao nosso primeiro membro português. Somos uma rede crescente de produtores de vinho inovadores e dinâmicos que não quer somente esperar pelas decisões políticas para dar os próximos passos, mas que quer ajudar a transformar a viticultura, de forma a que esta se torne mais sustentável a partir de dentro”.

No âmbito das suas políticas e práticas sustentáveis, a José Maria da Fonseca instalou recentemente um sistema solar fotovoltaico para autoconsumo, na Quinta da Bassaqueira, em Vila Nogueira de Azeitão, que irá permitir a poupança energética de 38%.