Consumo Ético

Garnier recebe aprovação da Cruelty Free International

Garnier recebe aprovação da Cruelty Free International

A Garnier, marca de beleza global, recebeu o selo de aprovação do programa Leaping Bunny da Cruelty Free International, uma organização que trabalha para acabar com os testes em animais no mundo. Em comunicado, a marca revela que todos os seus produtos, a nível global, possuem agora esse selo.

“A Garnier é uma marca global reconhecida por todos nós. Trabalhar em conjunto com a marca para ajudar a pôr fim aos testes em animais em cosméticos e declará–los oficialmente aprovados pela Cruelty Free International através do Programa Leaping Bunny é um verdadeiro marco. Demorou vários meses, mas a Garnier analisou de forma escrupulosa todos os fornecedores e fontes e estamos totalmente confiantes com os resultados”, afirmou Michelle Thew, Ceo da Cruelty Free International.

O Leaping Bunny exige que as marcas auditem toda a sua cadeia de abastecimento, incluindo todas as matérias-primas e ingredientes individuais. Esta aprovação tem de ser atribuída a todos os produtos finais de uma marca – produtos ou itens individuais não podem ser aprovados de forma isolada.

Para a Garnier, esta questão exigiu obter uma declaração junto de mais de 500 fornecedores, que fornecem mais de três mil diferentes ingredientes em todo o mundo.

Esta comunicação da marca de beleza surge após, em 2020, ter anunciado a sua iniciativa Green Beauty – que pretende diminuir o impacto ambiental da marca.