Consumo Ético

Mastercard revela que consumidores estão mais dispostos a adotar consumo sustentável

O novo estudo da Mastercard revela que 75% dos portugueses está mais preocupado com a redução da pegada de carbono, do que na pré-pandemia.

O novo estudo sobre sustentabilidade, encomendado pela Mastercard e realizado em 14 países europeus, incluindo Portugal, revela que a grande maioria dos portugueses inquiridos (75%) reconheceu estar mais preocupado com a redução da pegada de carbono, do que na pré-pandemia. Adicionalmente, 76% afirma estarem mais conscientes sobre como as suas ações podem impactar o ambiente, com a Geração Z (82%) a liderar o movimento.

Mais de metade dos portugueses (55%) considera que as empresas também devem comportar-se de forma mais sustentável e ecológica. Entre as principais questões que os portugueses querem que as empresas e as marcas se concentrem estão a redução do desperdício (51%), o aumento da sustentabilidade e durabilidade dos produtos (36%) e o combate à poluição do lixo plástico (26%).

Calculadora Carbono da Mastercard

De forma a ajudar empresas e os consumidores a contribuir para a sustentabilidade do planeta, a Mastercard desenvolveu uma Calculadora de Carbono para os bancos. A ferramenta foi desenvolvida em parceria com a fintech sueca Doconomy e está integrada em toda a rede global da Mastercard.

A Calculadora de Carbono permite que os consumidores recebam um retrato instantâneo das emissões de carbono geradas pelas suas compras e transações, através das categorias de gastos. Os cálculos são alimentados pelo Índice Åland. Os consumidores podem compensar a sua atividade, contribuindo para os projetos de recuperação florestal da Priceless Planet Coalition.

O presidente da Mastercard Europe, Mark Barnett afirma, a propósito desta iniciativa, que “é imperativo que as empresas reconheçam como podem ajudar o planeta a prosperar”.