Agricultura

Porto Business School aposta na “maior horta urbana” do país

Horta urbana Porto Business School

A Porto Business School está a cultivar uma horta low-tech, ecológica e eficiente, que conta com 70 camas de cultivo (growbeds) e que ocupa uma dimensão de 114 m2 no telhado da Escola de Negócios. Em parceria com a Noocity, este projeto é considerado pelos promotores como a maior horta urbana do país.

“Este é mais um passo importante na estratégia de sustentabilidade da Porto Business School, que visa promover hábitos mais sustentáveis dentro da Escola e uma maior interação com a natureza, através de momentos de convívio, aprendizagem e partilha entre toda a comunidade”, revela a instituição em comunicado de imprensa.

Com alguns projetos internos de sustentabilidade em curso – como a redução de papel e de plástico, e a promoção de utilização de alternativas de mobilidade menos poluentes – a Porto Business School aposta na implementação de estratégias para criar impacto e conduzir a alteração de comportamentos.

A nova horta, instalada pela Noocity, vem permitir à Escola de Negócios da Universidade do Porto caminhar em direção a um futuro mais ecológico e sustentável, com um impacto que será significativo. Segundo Patrícia Teixeira Lopes, Associate Dean da Porto Business School, “este é um projeto que nos vai permitir continuar a seguir o nosso caminho em termos de sustentabilidade e a tirar o melhor partido do que a natureza nos dá. Com a horta, vamos conseguir garantir um impacto mínimo no ambiente, reduzindo a nossa pegada de carbono, o consumo de água ou a produção de lixos orgânicos dentro da Escola. Além disso, estimamos também conseguir produzir cerca de 3 toneladas de alimentos por ano.”

Com os alimentos colhidos da horta, a Porto Business School pretende ainda criar cabazes que possam ser distribuídos aos seus colaboradores, utilizá-los na preparação das refeições servidas pelos seus serviços de restauração, e, ainda, doar parte da produção a instituições sociais.