Agricultura

Agricultura sustentável na região do Oeste é promovida por Smart Farm 4.0

O projeto “Smart Farm 4.0" pretende contribuir para a transição e democratização de uma agricultura inteligente na região Oeste de Portugal.

A região Oeste de Portugal vai receber o contributo do projeto “Smart Farm 4.0: soluções inteligentes para uma agricultura sustentável, preditiva e autónoma”, de forma a transitar e democratizar uma agricultura inteligente, mais sustentável, preditiva e autónoma nessa região.

Em comunicado, o Smart Farm Colab, que coordena a iniciativa, explica que, na prática, o projeto pretende conceber e desenvolver soluções inovadoras e acessíveis, tendo por base a indústria 4.0 (internet das coisas – IoT, inteligência artificial, big data, sistemas ciber físicos, robots autónomos) para a aplicação ao setor agrícola.

O projeto resulta de um esforço colaborativo entre 16 parceiros e é cofinanciado pelos FEEI, através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização e do Programa Operacional Regional de Lisboa.  A iniciativa é liderada pela Tomix. Entre as entidades envolvidas estão a Adega Cooperativa de São Mamede da Ventosa; a SGS Portugal; A Universidade Nova de Lisboa; o INIAV, entre outros.