Descarbonização

Aço sem uso de carvão é agora uma realidade

A fabricante sueca de aço SSAB tornou realidade a existência de aço sem a utilização de combustíveis fósseis, nomeadamente sem carvão.

A fabricante sueca de aço SSAB tornou realidade a existência de aço sem a utilização de combustíveis fósseis, ao fabricar e entregar ao cliente (Volvo Group) o primeiro aço deste tipo. O projeto HYBRIT, que envolve a SSAB, a empresa estatal sueca de extração de ferro LKAB e a empresa estatal energética Vattenfall, tem como objetivo final uma cadeia de produção de ferro e aço totalmente livre de combustíveis fósseis.

Em comunicado, as empresas revelam que o objetivo agora é aumentar a escala de produção até 2026. Segundo estimativas da SSAB, esta tecnologia tem o potencial de reduzir as emissões totais de dióxido de carbono da Suécia em cerca de 10% e as emissões da Finlândia em cerca de sete por cento.

O ministro do Comércio e Indústria da Suécia, Ibrahim Baylan afirmou que “a indústria e, em especial, a indústria siderúrgica criam grandes emissões, mas são também uma parte importante da solução. Para impulsionar a transição e tornar-se o primeiro estado social livre de fósseis do mundo, a colaboração entre empresas, universidades e o sector público é crucial. O trabalho realizado pela SSAB, LKAB e Vattenfall no âmbito da HYBRIT impulsiona o desenvolvimento de toda a indústria e é um modelo internacional”.

Já o presidente e CEO da SSAB, Martin Lindqvist, considerou que “o primeiro aço sem combustíveis fósseis do mundo não é apenas um avanço para a SSAB, representa a prova de que é possível fazer a transição e reduzir significativamente a pegada de carbono global da indústria siderúrgica”.

Por sua vez, o presidente e CEO da LKAB, Jan Moström, defendeu que “é um marco crucial e um passo importante para a criação de uma cadeia de produção completamente livre de fósseis, da mina para o aço acabado. Mostrámos juntos que é possível, e a viagem continua”.

O projeto HYBRIT – Hydrogen Breakthrough Ironmaking Technology – foi criado em 2016. Em junho deste ano, as três empresas mostraram ao mundo o primeiro ferro reduzido (esponja de ferro) à base de hidrogénio, que depois foi utilizado para produzir o aço.