Logística

Biometano renovável é injetado pela primeira vez na rede de gás natural portuguesa

DouroGás realiza primeira injeção de biometano renovável na rede de gás natural portuguesa

A primeira injeção de biometano renovável na rede de gás natural em Portugal foi operacionalizada pela DouroGás Renovável na rede de gás natural em Portugal, na Unidade Autónoma de Gaseificação(UAG)/ Centro de Competências de H2 e Gases Renováveis em Cachão, Urjais, no concelho de Mirandela, no distrito de Bragança.

A cerimónia contou com a presença do Ministro do Ambiente e da Ação Climática, Duarte Cordeiro, do Secretário de Estado do Ambiente e da Energia, João Galamba, de Armando Afonso Pereira, o Presidente do Grupo Dourogás, do Presidente Executivo, Nuno Moreira e de Hernâni Venâncio Dias, Presidente do Resíduos da Nordeste.

Duarte Cordeiro destacou a promoção do mercado do biometano para diminuir as importações de gás natural nos setores industrial, doméstico e na mobilidade até 2026.

Nuno Moreira afirmou que o objetivo é “(…) assegurar alternativas sustentáveis para a mobilidade do futuro, centrada nos gases renováveis, nomeadamente o biometano, sempre no sentido de promover ganhos ambientais, mais e melhor sustentabilidade e ajudar na transição energética”.

O Presidente Executivo do Grupo DouroGás sublinhou também a primeira injeção de biometano na contribuição “(…) para o processo de descarbonização da economia nacional, em curso no setor dos transportes e mobilidade…”.

A iniciativa teve lugar no âmbito do projeto Biogasmove, financiado pelo Fundo de Apoio à Inovação (atualmente Fundo Ambiental).

 

Para mais temas sobre mobilidade na cadeia de abastecimento, subscreva a newsletter da Mob Magazine.