Agricultura

Criação de corredores ecológicos é novo objetivo da EDIA

A EDIA pretende criar corredores ecológicos dentro da área do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA).

A criação de corredores ecológicos na área do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva (EFMA) é um novo objetivo para a EDIA. A entidade tem em curso um trabalho exaustivo de identificação de locais com potencial ecológico que interligados formem uma rede que favoreça a conetividade ecológica.

Em comunicado, a EDIA explica que o objetivo passa por favorecer a mobilidade da fauna, a conservação de habitats prioritários, assim como a proteção das espécies e o seu dinamismo natural.

O estudo que define áreas de corredores ecológicos tem já concluída a análise e desenho teórico dos corredores, estando neste momento a iniciar os trabalhos de campo. A análise e desenho teve como principais fatores a ligação a habitats prioritários tais como as galerias ripícolas; os montados; os charcos temporários mediterrânicos e os grupos faunísticos representativos, nomeadamente quirópteros, aves estepárias e outros mamíferos e aves, para além de caminhos de terra e massas de água.

“Para que os corredores ecológicos do EFMA sejam uma realidade no terreno, a EDIA só a conseguirá realizar com a ajuda dos agricultores, dos agentes políticos, das diversas entidades de tutela do território e claro, da população em geral”, declara a empresa.