- Revista Sustentável - https://www.revistasustentavel.pt -

Governo norueguês financia primeiro projeto de captura de carbono em larga escala

O governo norueguês anunciou o financiamento do primeiro projecto mundial de captura e armazenamento de carbono (CCS) em larga escala.

As verbas do governo (cerca de 1,5 mil milhões de euros) serão usadas para um projeto – com o nome de Longship, em homenagem aos navios Viking – de captura de carbono numa fábrica de cimento no sul da Noruega, operada pela empresa alemã Heidelberg Cement, e numa fábrica de incineração de resíduos em Oslo, operada pela empresa estatal de energia Fortum – caso consiga encontrar apoio financeiro externo.

De acordo com a Fortum, o projecto “pode remover anualmente tanta poluição da atmosfera como a de 60 mil automóveis”.

A expectativa é que as instalações consigam capturar cerca de 400 mil toneladas de emissões de dióxido de carbono.

Posteriormente, o material capturado será liquefeito e armazenado até ao seu transporte. O projecto Northern Lights transportará CO2 líquido através de um navio desde as instalações de captura até uma instalação em terra, na costa ocidental da Noruega, em Øygarden, condado de Vestland, para armazenamento temporário.

A Northern Lights deslocará, então, o CO2 através de um gasoduto para um reservatório submarino no Mar do Norte.

O Longship é o maior projeto climático de sempre na indústria norueguesa.

[1] [2]