Mobilidade

Mazda é o primeiro construtor automóvel a integrar eFuel Alliance

A Mazda tornou-se no primeiro construtor de automóveis a integrar a eFuel Alliance. A Aliança reúne organizações e partes interessadas que apoiam o objetivo de estabelecer e promover os e-combustíveis (combustíveis ecológicos ou e-fuels) e o hidrogénio, ambos neutros em CO2, “como contribuintes credíveis e reais para a redução de emissões no setor dos transportes”, revela a Mazda, em comunicado.

“Acreditamos que, com o investimento necessário, os e-fuels e o hidrogénio, ambos neutros em CO2, irão dar um contributo credível e real para a redução das emissões, não só nos automóveis novos, como também no parque automóvel já existente. Isto abriria uma segunda e mais rápida via para alcançar a neutralidade climática no sector dos transportes, em conjunto com o progresso da eletrificação “, revela Wojciech Halarewicz, vice-presidente de comunicação e relações públicas da Mazda Motor Europe GmbH.

“Os próximos dois anos serão decisivos, uma vez que a Comissão Europeia irá rever as principais regulamentações no domínio da política climática. Estas deverão incluir um mecanismo na legislação automóvel que reconheça a contribuição que os combustíveis com baixo teor de carbono podem dar no alcance dos objetivos de redução de emissões”, acrescenta Ole von Beust, diretor geral da eFuel Alliance.

A eletrificação está presente na estratégia multi-soluções da Mazda, sendo que, até 2030, todos os veículos Mazda ver-se-ão eletrificados. No entanto, muitos veículos irão continuar a ter um motor de combustão interna, revela a construtora automóvel.