Mobilidade

Peugeot inicia produção de carrinhas com células de hidrogénio

A produção de uma série de veículos a hidrogénio foi iniciada pela Peugeot. A tecnologia poderá revolucionar o transporte de mercadorias.

A produção de uma série de veículos a hidrogénio foi iniciada pela Peugeot. A tecnologia, como alguns especialistas defendem, poderá, a breve trecho, revolucionar o transporte de mercadorias.

Em comunicado, a marca anuncia  que irá “tornar-se num dos primeiros fabricantes a propor, de série, a partir de 2021, uma versão elétrica alimentada a célula de combustível a hidrogénio no segmento dos furgões compactos”, isto com o novo modelo e-EXPERT Hydrogen.

Este novo furgão é o “mais recente símbolo da estratégia “Extended Power of Choice” da marca, que permite a cada cliente escolher, entre uma vasta gama de motores, aquele que melhor se adequa às suas necessidades”.

“O novo PEUGEOT e-EXPERT Hydrogen inova com um sistema “mid-power” elétrico  plug-in, com célula de combustível a hidrogénio, específico da STELLANTIS, e que consiste em: uma célula de combustível que produz a eletricidade necessária para a propulsão do veículo graças ao hidrogénio armazenado no sistema de reservatórios do veículo; e uma bateria de alta tensão de iões de lítio com uma capacidade de 10,5 kWh, recarregável a partir da rede elétrica e que também alimenta o motor em certas fases da condução”.