Descarbonização

Portugal em contraciclo nas emissões de CO2 provenientes da energia

Portugal foi o país da União Europeia que mais desceu as suas emissões de CO2 provenientes da utilização de energia durante 2021, num valor de – 5,5%. Em menor número (-1,5%), a Finlândia foi o outro único país que reduziu as suas emissões. No bloco comunitário, as emissões aumentaram 6,3%, de acordo com o Eurostat.

A Bulgária (+18%), a Estónia (+13,1%), a Eslováquia (+11,4%) e a Itália (+10,6%) foram os países em que as emissões de CO2 neste setor mais cresceram. Mais de 50% do aumento a nível europeu teve como origem o aumento da utilização de combustíveis fósseis sólidos. Os combustíveis fósseis líquidos auxiliaram 29% do aumento e 21% pode ser atribuído ao gás natural.