Energias Renováveis

Sugal vai apostar na criação de comunidades de energia

Sugal vai criar comunidades de energia

As duas unidades de produção do Sugal Group, grupo industrial português no setor do concentrado de tomate e das polpas de fruta, vão contar com Comunidades de Energia.

Segundo explicado em comunicado, o grupo, em conjunto com a Energia Unida – empresa do grupo Greenvolt – , vai instalar na Azambuja 1 044 painéis solares a que se juntam 1 576 que vão ser aplicados nas instalações de Benavente. Ao todo, estes painéis vão cobrir uma área de mais de sete mil metros quadrados.

Com uma potência instalada de 1.530 kWp, espera-se que as comunidades de energia sejam capazes de gerar mais de 2 275 MWh de energia renovável por ano. O objetivo é utilizar energia mais limpa e mais barata nas instalações do Sugal Group, assim como partilhar o excesso de energia gerada com outros consumidores da comunidade ribatejana. A empresa prevê dar acesso a mais de 1321 famílias à energia que será, em média, cerca de 50% mais barata do que a da rede.

ManuelNGoncalves

Manuel Nobre Gonçalves

“A construção destas comunidades energéticas em conjunto com a Greenvolt é o primeiro passo de um conjunto de investimentos direcionados ao aumento da eficiência e sustentabilidade energética do Grupo, estando previsto aumentar a capacidade de produção fotovoltaica nos próximos anos”, defende o administrador do Sugal Group, Manuel Nobre Gonçalves.

No total, prevê-se ser possível com estas duas Comunidades de Energia (em regime de autoconsumo coletivo) evitar a emissão de mais de mil toneladas de CO2 anualmente.