Descarbonização

Visa tem como nova missão alcançar emissões líquidas zero até 2040

A Visa quer alcançar emissões líquidas zero até 2040. A empresa alcançou a neutralidade de carbono nas operações em 2020.

A Visa anunciou um novo compromisso global para alcançar emissões líquidas zero até 2040. Em comunicado, a empresa revela ter alcançado a neutralidade de carbono nas suas operações em 2020. Esta conquista abrange a pegada de emissões de gases de efeito estufa do Âmbito 1 da Visa (fonte própria), Âmbito 2 (eletricidade comprada) e viagens de negócios e elementos de deslocação de funcionários das emissões do Âmbito 3 (cadeia de valor).

“A Visa está comprometida com a criação de futuro mais sustentável”, afirmou o presidente e CEO da Visa, Al Kelly. “O nosso novo compromisso líquido zero e os esforços constantes em toda a nossa rede para apoiar iniciativas sustentáveis são formas concretas de alcançarmos os nossos objetivos para ajudar a construir um futuro melhor para o nosso planeta”, acrescentou.

No âmbito do compromisso de alcançar emissões líquidas zero até 2040, a Visa assinou o “The Climate Pledge”, uma iniciativa co-fundada pela Amazon e Global Optimism, bem como tornou-se membro da “Climate Business Network”, a Iniciativa do World Wildlife Fund (WWF) para impulsionar medidas em direção a um futuro líquido zero.

A Visa também se comprometeu a definir metas baseadas cientificamente através da iniciativa “Science Based Target”, tendo como ambição o nível de 1,5 graus Celsius.

A Visa vai ainda colaborar com o Cambridge Institute for Sustainability Leadership (CISL) para em conjunto identificar novas oportunidades de aplicar os recursos de pagamentos eletrónicos e a rede Visa para alcançar um futuro sustentável. Os resultados desta colaboração estão previstos para o verão de 2021.