Descarbonização

Volvo Cars é o primeiro fabricante automóvel a aderir à SteelZero 

A iniciativa SteelZero, que visa aumentar a procura de aço sem recurso a combustíveis fósseis, conta agora com um novo membro: a Volvo Cars. A empresa torna-se o primeiro construtor automóvel a aderir à iniciativa.

Em comunicado, a Volvo Cars explica que, ao aderir à SteelZero, compromete-se, com o cumprimento de rigorosos requisitos para a utilização de aço. Até 2050, todo o aço que a empresa fornece deverá ser do tipo “aço zero”, o que está de acordo com a ambição de tornar-se ambientalmente neutra até 2040.

A produção de aço representou em média 33% de todas as emissões relacionadas com a produção de um novo automóvel Volvo em 2021. A indústria siderúrgica global é responsável por cerca de 7% das emissões diretas globais de carbono.

“Uma abordagem sustentável da produção de aço é não só uma boa notícia para o ambiente, mas também um bom negócio, pois limita a nossa exposição a futuros riscos e regulamentos. É com todo o gosto que aderimos à iniciativa SteelZero e apoiamos as suas ambições para transformar a indústria do aço”, nota a Chief Procurement Officer da Volvo Cars, Kerstin Enochsson.

A SteelZero foi lançada pelo Climate Group em parceria com a ResponsibleSteel, um organismo de normalização e certificação da indústria siderúrgica ao qual a Volvo Cars também se irá juntar. Através do ResponsibleSteel, a Volvo Cars ganhará acesso a informação verificada e auditada por terceiros sobre a sua cadeia de fornecimento de aço e credenciais de sustentabilidade relevantes, ajudando a garantir que provém de fontes responsáveis.

Para além das reduções de CO2, o ResponsibleSteel também se concentra em outras questões importantes na cadeia de fornecimento de aço, como os direitos humanos e laborais, o envolvimento com as comunidades locais, o uso da água e o impacto na biodiversidade.