- Revista Sustentável - https://www.revistasustentavel.pt -

Estudo: Microplásticos causam danos às células humanas

Um estudo concluiu que os microplásticos [1] causam danos às células humanas. Entre os danos estão a morte celular e as reações alérgicas e tiveram como métrica os níveis que são conhecidos como ingeridos pelas pessoas na sua comida, noticia o The Guardian [2].

Apesar disso, a investigação nota que o impacto para a saúde no corpo humano é incerto porque não se sabe quanto tempo os microplásticos permanecem no corpo antes de serem expelidos do corpo.

Os investigadores analisaram 17 estudos anteriores sobre os impactos toxicológicos dos microplásticos nas linhas celulares humanas. Os cientistas compararam o nível de microplásticos em que os danos foram causados às células com os níveis consumidos pelas pessoas através de água potável contaminada, frutos do mar e sal de mesa.

“Os efeitos nocivos nas células são, em muitos casos, o evento inicial dos efeitos para a saúde”, disse o líder da investigação, Evangelos Danopoulos, da Hull York Medical School. “Devemos estar preocupados. Neste momento, não há realmente uma maneira de nos protegermos”, considerou.

O cientista considera que a investigação futura poderá permitir identificar os alimentos mais contaminados e evitá-los. No entanto, “uma vez que o plástico está no ambiente, não conseguimos tirá-lo”.

A pesquisa também mostrou que microplásticos de forma irregular causaram mais morte celular do que esféricas. Tal pode ser importante para estudos futuros, uma vez que muitos microplásticos comprados para uso em experiências laboratoriais são esféricos, pelo que podem não ser representativos das partículas que os seres humanos ingerem.

O próximo passo será analisar estudos de danos microplásticos em animais de laboratório.