Desplastificação

Investigadores convertem sacos de plástico em combustível sustentável

Sacos de plástico foram convertidos em combustível sustentável, a partir de uma pirólise catalítica, por investigadores do California State Polytechnic University. A pirólise é um processo no qual existe uma decomposição termoquímica da matéria baseada em carbono na ausência de oxigénio.

A American Institute of Physics, num artigo do seu site, informa que os investigadores focaram-se na reciclagem de plástico e na conversão do plástico noutros produtos ou em vapor com calor, que em contacto com um catalisador se transforma no produto desejado.

“A parte inovadora da experiência é o catalisador”, disse o autor Mingheng Li. “O catalisador é fundamental para este processo específico de pirólise, porque só requer um passo para chegar ao produto de combustível desejado a temperaturas relativamente amenas”, explicou.

O catalisador foi preparado através da submersão de um substrato de zeolite numa solução aquosa que continha níquel e tungsténio. Depois foi secado num forno a 500 graus Celsius. O catalisador sintetizado foi utilizado em conjunto com um reator pirolítico para quebrar a mistura de sacos de plástico.

O processo catalítico utilizado nesta experiência também poderia ser utilizado para o tratamento de outros resíduos, como estrume, resíduos sólidos urbanos e óleo de motor usado, consideram os investigadores.

O estudo revelou ainda que o produto da pirólise era muito semelhante a um produto padrão de gasóleo. Futuramente, a equipa quer explicar o mecanismo que ocorre na superfície do catalisador. Além disso, têm como objetivo otimizar a produção de gasóleo a partir de vários resíduos de plástico mistos.