Retalho

Pingo Doce retira palhinhas de plástico dos produtos de marca própria

O Pingo Doce anunciou ter eliminado todas as palhinhas de plástico de todos os seus produtos de marca própria.

O Pingo Doce, cadeia de supermercados a atuar em Portugal, anunciou ter eliminado todas as palhinhas de plástico de todos os seus produtos de marca própria.

Assim, os pacotes de leite, bebidas vegetais, sumos e iced teas da marca, num conjunto de 13 referências, passam a usar palhinha de papel, no que o Pingo Doce estima seja uma poupança de 34 milhões de palhinhas de plástico em circulação.

Esta decisão, refira-se, como lembra a marca em comunicado, teve início em 2020, em março, quando a marca anunciou que iria deixar de usar palhinhas de plástico no leite de marca própria, sendo que, no final de 2020, a mesma substituição foi realizada nos pacotes de sumos e iced teas. Agora, a transição ficou concluída com a substituição nos pacotes de bebidas vegetais, deixando de haver em circulação embalagens de marca própria Pingo Doce com palhinhas de plástico.

De acordo com Fernando Ventura, Head of Efficiency and Innovation Environmental Projects do Grupo Jerónimo Martins, “no Pingo Doce, em conjunto com os nossos fornecedores, estamos sempre atentos a oportunidades que permitam reduzir a nossa pegada de plástico e que contribuam para a preservação do meio marinho. Exemplo disso, são a eliminação dos microplásticos de todos os artigos produtos de higiene pessoal, cosmética e detergentes de marca própria do Pingo Doce; a substituição de bastões de plástico por bastões de papel dos nossos cotonetes; ou o lançamento da embalagem do ‘Detergente Concentrado Oceano Ultra Pro’, feita com 11% de resíduos marinhos, sendo os restantes 89% provenientes de plástico reciclado pós-consumo”.