Desplastificação

“Prémios Verdes” distinguem investigadora da Universidade de Coimbra

premios verdes Seena Sahadevan

Os “Prémios Verdes” na categoria “Prémio Investigação”, destinada a cientistas que se destacam na área da sustentabilidade e ambiente, distinguiu a investigadora da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), Seena Sahadevan.

Seena Sahadevan realiza diversos trabalhos na área da conservação dos ambientes de água doce. Atualmente, a investigadora da FCTUC está empenhada “em compreender e analisar os impactos causados pelos plásticos, especialmente nanoplásticos (NPs), no funcionamento dos ecossistemas de água doce”,

“Em pequenos rios (ribeiros), a decomposição de folhada é um processo crucial, responsável pela transferência de energia através dos níveis tróficos da cadeia alimentar. Os hifomicetes aquáticos (fungos aquáticos) são os principais mediadores desse processo, melhorando a qualidade nutricional das folhas para o consumo de invertebrados e níveis tróficos subsequentes”, explica a cientista, citada em comunicado.

A investigadora foi distinguida nos Prémios Verdes pela “excelência na identificação dos impactos causados por NPs, tanto em hifomicetes aquáticos como em invertebrados, ainda que em concentrações muito pequenas (até 25 microgramas por litro)”.

A investigação realizada mostrou que os nanoplásticos «tiveram impacto na capacidade de decomposição, reprodução e abundância dos fungos; além de terem causado uma visível letargia nos invertebrados alimentados com folhas expostas aos NPs, confirmando sua toxicidade”.