Desplastificação

Consumo de sacos de plástico na UE diminui entre 2018 e 2020. Portugal em contraciclo

iStock 999802822

O consumo de sacos de plástico na União Europeia (UE) foi de 87 sacos por pessoa em 2020. Existiu uma redução geral de 7,6% entre 2018 e 2020. Em Portugal, o número médio de sacos per capita foi de 17,1 em 2020. O valor representa uma subida em relação à média de 7,7 sacos durante 2018 e 2019, o que equivale percentualmente a mais de 122%.

De acordo com o Eurostat, apesar de o consumo no geral ter diminuído, o consumo de sacos de plástico ultraleves (com menos de 15 micrómetros) aumentou de 14 em 2018 para 14,7 em 2020.

Plastic bag consumption 2021 1

No entanto, o consumo de sacos de plástico entre os 15 e os 50 micrómetros diminui de 22 em 2018 para 19,8 em 2019, estabilizando nos 19,9 em 2020.

O aumento do consumo de sacos ultraleves pode ser um efeito de substituição resultante da diretiva relativa aos sacos de plástico que visa reduzir o consumo de sacos para não exceder 40 sacos por pessoa até 31 de dezembro de 2025. No entanto, este objetivo não inclui os ultraleves.

Entre o estados-membros, os países com maior consumo em 2020 foram Lituânia (294 sacos per capita), República Checa (251) e Letónia (229). No reverso da moeda, estão a Bélgica (10 sacos por pessoa), Portugal (17) e Polónia (20).

Plastic bag consumption 2021 2