Energias Renováveis

Iberdrola e bp querem expandir carregamento de veículos elétricos e produção de hidrogénio verde

Iberdrola e bp querem expandir carregamento de veículos elétricos e produção de hidrogénio verde

A Iberdrola e a bp pretendem colaborar para expandir a infraestrutura pública para o carregamento de veículos elétricos, para apoiar a adoção de veículo elétricos, e desenvolver centros de produção de hidrogénio verde em grande escala em Espanha, Portugal e Reino Unido.

“Com este acordo, pretendemos ajudar a avançar na descarbonização e autossuficiência energética através da eletrificação de dois setores fundamentais da nossa economia, os transportes e a indústria. A dimensão deste desafio requer alianças entre empresas como a Iberdrola e a bp”, afirma o presidente da Iberdrola, Ignacio Galán.

Por sua vez, o CEO do Grupo bp, Bernard Looney, afirma que: “O desenvolvimento de soluções energéticas com baixo teor de carbono que os nossos clientes procuram, exige a integração de diferentes tecnologias, capacidades e formas de energia, e podemos consegui-lo mais rapidamente e em maior escala quando trabalhamos em parceria com outras empresas:”

Acelerar o carregamento rápido de veículos elétricos em Espanha e Portugal 

A Iberdrola e a bp pretendem formar uma joint venture com um plano de investimento de até mil milhões de euros para implementar uma rede de até 11 mil pontos de carregamento público rápido e ultrarrápido em Espanha e Portugal.

O plano inclui a instalação e operação inicial de cinco mil pontos de carregamento rápido até 2025 e até um total de 11 mil pontos até 2030.

Produção integrada de hidrogénio verde em grande escala

As empresas também pretendem formar uma joint venture para a produção integrada de hidrogénio verde em grande escala em Espanha, Portugal e Reino Unido, bem como a produção dos seus derivados, tais como o amoníaco verde e o metanol, com potencial para ser exportado para o Norte da Europa.

O objetivo é desenvolver centros com uma capacidade de até 600 mil toneladas por ano. O projeto de hidrogénio verde na refinaria da bp de Castellón (Espanha) fará parte do acordo. As duas empresas, juntamente com o Instituto Tecnológico da Energia, submeteram o projeto de Castellón aos PERTES (Projetos Estratégicos para a Recuperação e Transformação Económica), promovido pelo Governo espanhol, relativo à cadeia de abastecimento de hidrogénio.

A bp e a Iberdrola ambicionam finalizar ambos os acordos de joint venture até ao final de 2022, sujeito às necessárias autorizações regulatórias.