Consumo ético

Portugueses estão dispostos a pagar mais por moda ética e sustentável

64,73% dos portugueses afirma estar disposto a comprar moda que seja ética apesar de ter que pagar um preço mais elevado por ela.

64,73% dos portugueses afirma estar disposto a comprar moda que seja ética apesar de ter que pagar um preço mais elevado por ela. A conclusão é o inquérito da Showroomprive.pt, clube de vendas privadas online especializados em moda e complementos, que envolveu 700 portuguesas (50% homens e 50% mulheres).

Em comunicado, a marca informa ainda que nove em cada dez portugueses (95,18%) afirmou ter em mente a importância de cuidar da saúde do planeta. A maioria dos consumidores (75,21%) relata ainda que só compra roupa apenas quando necessita, com a segunda maior resposta a ser “uma vez por mês”.

56,09% dos portugueses indicam já ter comprado roupa fabricada com matérias-primas naturais e de agricultura ecológica. O número aumenta para 56,80% quando se fala em cosmética ecológica e natural.

Finalmente, no campo das prioridades na hora de comprar roupa, a ecologia e a sustentabilidade encontram-se em quarto lugar com 16,29% dos votos. A opção número um, com 58,07%, é o facto de a roupa ser favorecedora, seguida de boa qualidade da roupa (56,66%) e os baixos preços (51,70%).