Retalho

Tetra Pak apresenta embalagem com tampa integrada

Tetra Pak anuncia soluções de embalagem com tampa integrada

A Tetra Pak – empresa de soluções de processamento e embalagem alimentar- apresentou o seu portefólio de soluções de embalagens com tampa integrada. Ao mesmo tempo, acelerou a expansão da sua oferta de palhinhas de papel.

Em comunicado, a empresa afirma que o uso de embalagens com tampa integrada “permite melhorar a sua reciclagem, ao evitar que esta se perca durante o processo de recolha e processamento”. Por outro lado, “possibilita uma redução da pegada de carbono”, uma vez que as tampas vão ser fabricadas com polímeros de origem vegetal.

Entre as 40 embalagens diferentes com tampas integradas em desenvolvimento, a primeira solução a ser lançada será a HeliCapTM 26 Pro. Uma tampa que se baseia num formato de desenroscar e com uma dobradiça de bloqueio automático.

Compromissos da Tetra Pak

“Estes feitos são um marco muito importante no nosso trajeto para desenvolvermos a embalagem para alimentos mais sustentável do mundo: uma embalagem fabricada totalmente a partir de materiais renováveis ou reciclados, que seja completamente reciclável e neutra em carbono”, afirma o vice-presidente executivo de Soluções de Embalagens e Operações da Tetra Pak, Lars Holmquist.

O responsável acrescenta que “assumimos o compromisso de investir aproximadamente 100 milhões de euros por ano, durante os próximos cinco a dez anos, para o desenvolvimento de soluções de embalagens mais sustentáveis. Isto inclui investir em alternativas para substituir o plástico de origem fóssil das nossas embalagens, e em soluções para evitar a produção de resíduos”.

Estas novidades vêm também ao encontro da Diretiva relativa aos Plásticos de Utilização Única (SUP). Neste contexto, a Tetra Pak tem acelerado a inovação na área das tampas de embalagens.

“A implementação de tampas integradas nas embalagens traz mudanças significativas em toda a nossa cadeia de valor. Tendo apenas em conta o mercado europeu, esta mudança transformará mais de 1.000 linhas de produção de embalagens da Tetra Pak, o que significa uma modificação do sistema de abertura de mais de 20.000 milhões de embalagens na Europa. Uma alteração que ocorrerá em apenas três anos”, acrescenta Holmquist.