Energias Renováveis

Converter CO2 em combustível cada vez mais perto de se tornar realidade

CO2 em combustível

Uma investigação internacional identificou um grupo de catalisadores de átomo único que podem desempenhar um papel chave na conversão de dióxido de carbono em combustível.

O trabalho deu uso a um modelo teórico, processado por um supercomputador, para identificar seis metais (níquel, nióbio, paládio, rénio, ródio e zircónio) que se revelaram eficazes numa reação que pode conduzir à conversão do CO2.

“Nós desenhámos um catalisador químico especial, que pode converter o CO2 nos combustíveis químicos desejados. A eficiência de conversão pode ser controlada usando uma abordagem viável”, afirmou, citado em comunicado, o investigador do Centre for Materials Science da Universidade de Tecnologia de Queensland (Austrália), Liangzhi Kou, que liderou a pesquisa.

“Significa que, pela primeira vez, desenvolvemos as capacidades de acelerar ou abrandar, até mesmo de mudar a reação química”, declarou.

O cientista considera que os resultados do estudo podem eventualmente levar a uma forma de adicionar um revestimento a motores ou sistemas industriais que convertessem dióxido de carbono em combustível, reduzindo a libertação de mais gás para a atmosfera.

A hipótese de utilizar catalisadores de um único átomo na redução do dióxido de carbono foram propostos há uma década, esta pesquisa leva o campo para a frente significativamente.

Pode consultar o estudo, publicado na revista científica Nature, aqui.