Reciclagem

Quase cinco toneladas de boletins de voto das legislativas são reciclados

Quase cinco mil toneladas de boletins de voto das legislativas são reciclados

A Reisswolf, empresa de tratamento confidencial de dados e documentos, destruiu e reciclou 4,87 toneladas de boletins de voto que foram utilizados nas eleições legislativas deste ano. Em comunicado, a empresa informa que este processo permitiu poupar 87 árvores, evitar a emissão de 0,5 toneladas de Gases com Efeito de Estufa (GEE) e o consumo de 25,3 metros cúbicos de água.

A quantidade reciclada traduziu-se ainda na atribuição de 100% do valor monetário equivalente ao peso dos boletins de voto recolhidos e encaminhados para reciclagem à campanha “Papel por Alimentos” do Banco Alimentar. Neste caso, foram doados mil euros.

A Reisswolf explica como foram reciclados os papéis: “O processo seguiu para a fase de destruição confidencial de todo o papel, que resulta em partículas de 2×2 cm, uma dimensão tão reduzida, que impossibilita a recuperação de qualquer informação contida nos documentos”, assegura o administrador da empresa, José Henrique.

Depois de prensado, o papel triturado foi encaminhado para a indústria da pasta do papel, onde poderá ser seis a sete vezes reciclado e reutilizado.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever