administração

Administração dos Estaleiros de Viana apresenta plano social

Noruegueses da Volstad continuam interessados nos Estaleiros de Viana

A Administração dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo apresentou aos 470 trabalhadores que ainda não rescindiram contrato as propostas definidas em conjunto com os sindicatos e que têm como objetivo “minorar as consequências da desativação operacional dos ENVC”.

A empresa refere que o seu principal objetivo é criar condições que permitam aos trabalhadores cessar o vínculo que os prende aos ENVC e que os deixe disponíveis para responder às oportunidades que possam surgir.

De acordo com o Diário Económico, entre as medidas apresentadas aos trabalhadores estão propostas para facilitar a opção pelo recebimento em espécie, através de PPR’s, como alternativa à parte global correspondente ao valor dos direitos adquiridos no âmbito do fundo de pensões da empresa e majorar em 2500 euros a compensação global definida aos trabalhadores que não são abrangidos pelo fundo de pensões.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever