Cimpor pede descida das taxas portuárias para incentivar exportações

Cimpor pede descida das taxas portuárias para incentivar exportações

A Cimpor investiu 35,6 milhões na compra de dois navios para aumentar as exportações de cimento. Ao mesmo tempo, conjuntamente com outras empresas de grande componente exportadora, pediu ao Governo para descer as taxas portuárias, como forma de dar maior “competitividade às empresas”.

O Executivo prometeu baixar a fatura portuária para dar mais “competitividade às empresas” nacionais e aumentar as exportações, para compensar a retração do mercado interno, avança o Jornal de Negócios.

O secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Silva Monteiro, assumiu na cerimónia de inauguração de um dos navios graneleiros recentemente adquiridos pela Cimpor, que o plano do Governo é reduzir a fatura portuária a três níveis: legislação laboral, administrações portuárias e atribuição de concessões.

“Pretendemos fazer a revisão da legislação sobre o trabalho portuário em diálogo com as organizações representativas dos trabalhadores, com acordo”, sublinhou Silva Monteiro.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever