CTT com lucros de 50,7 milhões em vésperas de privatização

CTT estudam parceria com cadeia de Distribuição

Os CTT registaram lucros de 50,7 milhões de euros em 2012, o que representou um recuo de 9,1% face ao resultado líquido do ano anterior, que atingiu 55,8 milhões de euros.

O presidente dos CTT, Francisco Lacerda, revelou nesta quinta-feira que o resultado líquido recuou devido a de um abrandamento de 6,5% nas receitas, que se fixaram em 711,7 milhões de euros. Esta redução foi compensada por uma contenção de despesas, com os gastos operacionais a descerem 8,5% para 601,6 milhões.

O serviço de correio representou 67% das receitas, tendo sofrido uma queda de 6,7% nos lucros em 2012. No entanto, a maior descida foi das soluções empresariais, com uma redução de 10,4%.

“Em conjunturas como as que temos, as empresas e as pessoas têm menos atividade e vão usar os serviços muito menos porque têm mais atenção aos custos”, referiu Francisco Lacerda, na conferência de imprensa de apresentação dos resultados de 2012.

O Presidente dos CTT confirmou ainda que o processo de privatização da empresa “arranca formalmente neste trimestre e estará pronta até ao final do ano”, tal como previsto na sexta avaliação da troika ao programa de ajustamento do país.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever