ajustamento financeiro

FMI diz que caminho de regresso aos mercados é agora mais estreito

PIB diminui 3

O Fundo Monetário Internacional já divulgou o seu relatório da oitava e nona avaliações do programa de ajustamento e diz que o caminho para um regresso aos mercados é agora mais “estreito”.

De acordo com aquela entidade, a instabilidade política e “decisões negativas do Tribunal Constitucional atrasaram os planos de pré-financiamento do Governo para 2014. Com o ‘rating’ especulativo a restringir a base de investidores, a janela é pequena para demonstrar uma capacidade renovada de aceder ao mercado de forma sustentada e na escala necessária para preencher as elevadas necessidades de financiamento de Portugal no médio prazo antes que o programa termine em Maio.”

 O FMI diz ainda que não devem ser excluída a hipótese de novas descidas no rating português, citando como exemplo a decisão da Standard & Poor’s de colocar a notação de crédito de Portugal sob “vigilância negativa”.

Se não conseguir regressar “sozinho” aos mercados, Portugal terá de recorrer a uma de duas opções: um programa cautelar ou um segundo resgate. O FMI considera que a fragilidade política da coligação PSD/CDS-PP, aliada à “fadiga de reformas” provocada por três anos de austeridade, é “especialmente preocupante”. Avisa que novas tensões “devem ser evitadas”, uma vez que adiariam a recuperação e aumentariam os riscos do programa.

 Para além disso, o Fundo Monetário Internacional refere, no relatório, que espera que as renegociações nas parcerias público-privadas (PPP) resultem em poupanças de 300 milhões de euros este ano.

O relatório reforça ainda que a receita obtida com impostos diretos (que inclui o IRS e o IRC) deverá passar, entre 2013 e 2014, de 11,2% do PIB para 11,1%. Em 2015, esse valor mantém-se inalterado em 11,1%, o que parece indica que não está a ser contabilizado o impacto de uma eventual redução de IRS. Entre 2016 e 2018, a previsão do Fundo é de um peso no PIB de 11%.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever