AICEP

Presidente da AICEP diz que Sines pode ser porta de entrada da China na Europa

Presidente da AICEP diz que Sines pode ser porta de entrada da China na Europa

O Presidente da AICEP, Pedro Reis, defendeu que “a plataforma logística de Sines pode ser uma porta de entrada da China na Europa”. Em entrevista ao Diário Económico, Pedro Reis falou do fundo de investimento chinês que foi ativado recentemente na conferência do Fórum Macau.

O Presidente da AICEP sublinhou ainda que é preciso haver cooperação entre o setor público e o privado a nível internacional. “Pode haver coinvestimento entre as empresas portuguesas, de outros países lusófonos e da própria China. Parece-me determinante que haja melhor relação possível entre o setor público e o setor privado”.

Recentemente foi criado pela China um fundo de mil milhões de dólares, cerca de 740 milhões de euros, para investir nos países lusófonos. Este fundo irá financiar projetos de energéticas portuguesas, como a EDP e a REN, e outras empresas nacionais na área das infraestruturas, saúde e agroalimentar.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever