Descarbonização

Remoção de carbono: Parlamento aprova sistema de certificação

Remoção de carbono: Parlamento aprova sistema de certificação iStock

O Parlamento Europeu aprovou, no dia 10 de abril, o Quadro de Certificação da União Europeia (UE) para Remoção de Carbono (CRCF, na sigla em inglês), a fim de alcançar a neutralidade climática da UE até 2050.

De acordo com o comunicado de imprensa da entidade europeia, a legislação abrange diferentes tipos de remoções de carbono, nomeadamente o armazenamento permanente de carbono através de tecnologias industriais, o armazenamento de carbono em produtos de longa duração e a agricultura de carbono.

Além disso, o acordo político “visa impulsionar a sua utilização e melhorar a capacidade da UE para quantificar, monitorizar e verificar essas atividades, a fim de combater o greenwashing”.

“Congratulo-me com o facto de o Parlamento Europeu ter dado a sua luz verde final ao Quadro de Certificação da Remoção de Carbono. Aguardo com expectativa um futuro em que aqueles que removem e armazenam ativamente o carbono recebam um incentivo adequado para fazê-lo. Estou também entusiasmada por ver que os agricultores podem ter um fluxo de receitas extra por todos os seus esforços! O Parlamento esteve, mais uma vez, do lado certo da história!”, afirmou Lídia Pereira, relatora portuguesa.

Em abril do ano passado, o Parlamento aprovou uma resolução sobre ciclos sustentáveis de carbono afirmando que, embora a UE deva sempre priorizar reduções rápidas e previsíveis das emissões de gases com efeito de estufa, as remoções de carbono devem desempenhar um papel cada vez mais importante na obtenção da neutralidade climática da UE até 2050 para equilibrar as emissões que não podem ser eliminadas.

A lei terá agora de ser adotada pelo Conselho Europeu, antes de ser publicada no Jornal Oficial da UE e entrar em vigor 20 dias depois.

UE vai estabelecer um quadro de certificação para eliminação de emissões de carbono

 

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever

Download SU

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever