Candidatura lusófona para a TAP será bem-vinda

TAP vende 50

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, afirmou, num almoço com empresários em São Paulo (Brasil), que será bem-vinda a participação de uma empresa lusófona na privatização da TAP.

“É evidente que só podem ser bem-vindas candidaturas lusófonas para a privatização da TAP”, disse, segundo o Dinheiro Vivo.

De forma a captar o capital das empresas brasileiras, o ministro apresentou as vantagens do “Visto Gold”, um título que será concedido a empresários. Com ele, os investidores que apostem em Portugal ou criem postos de trabalho no país poderão ter facilidades para permanecer nele, com um visto de um ano, renovável por mais dois anos e ainda mais dois anos.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever