FCC quer vender ativos de handling em 2012

FCC quer vender ativos de handling em 2012

A empresa espanhola FCC pretende vender ativos de handling (serviços aeroportuários em terra) ao longo de 2012, no âmbito da sua estratégia de rotação de ativos não estratégicos maduros.

A empresa de construção, serviços e energia informou no seu relatório anual correspondente a 2011 que pretende vender ativos de handling no âmbito da sua estratégia de rotação de ativos não estratégicos maduros, segundo avança o Jornal de Negócios.

O desinvestimento previsto junta-se a outros já anunciados pela empresa controlada por Esther Koplowitz, principal acionista da FCC com 50% da empresa. A empresa pretende vender um valor total de ativos de 1.800 milhões de euros durante 2012, segundo informações avançadas pelo presidente da empresa, Baldomero Falcones, durante a apresentação de resultados da empresa.

Nos últimos quatro anos FCC já tinha alienado 2 mil milhões de euros, o que contribuiu para atingir o objetivo de reduzir a dívida acumulada de 6,27 mil milhões de euros para menos de 6 mil milhões.

A FCC, através da sua divisão Flightcare, presta serviços de handling num conjunto de 14 aeroportos de Espanha, Bélgica e Itália.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever