Desplastificação

PepsiCo Europe quer eliminar plástico à base de fósseis nas suas embalagens até 2030

A PepsiCo Europe quer, até 2030, eliminar o plástico virgem à base de fósseis nas suas embalagens de chips and crisps. Em comunicado, a empresa informa que esta ambição vai aplicar-se a marcas como Walkers, Doritos e Lay’s e será entregue utilizando plástico 100% reciclado ou renovável nas suas embalagens.

Os ensaios de consumo das embalagens terão início nos mercados europeus em 2022, começando com o plástico renovável numa gama Lay’s em França, no primeiro semestre do ano. No final do ano, uma linha da marca Walkers, no Reino Unido, irá testar o conteúdo reciclado.

O conteúdo reciclado nas embalagens será derivado do plástico anteriormente utilizado e o conteúdo renovável será proveniente de subprodutos de plantas como óleo alimentar usado ou resíduos de pasta de papel.

A PepsiCo estima que poderá alcançar uma redução de até 40% das emissões de gases com efeito de estufa, por tonelada de material de embalagem, mudando para material virgem livre de fósseis.

O Chief Executive Officer da PepsiCo Europe, Silviu Popovici, comentou: “A reciclagem de embalagens deve ser a regra em toda a Europa. Vemos um futuro em que as nossas embalagens não irão conter plástico virgem à base de fósseis. Estas passarão a fazer parte de uma economia circular próspera, onde as embalagens flexíveis são valorizadas e podem ser recicladas como uma nova embalagem.”

A estratégia de eliminação vai forcar-se em três pilares: o design certo; a infraestrutura correta e a nova vida certa para as embalagens flexíveis.

  • Design:
    • maiores proporções de plásticos recicláveis, como o polipropileno, comumente referido como “mono-materiais”;
    • reduzir embalagens desnecessárias nas suas versões individuais e multipacks;
  • Infraestrutura:
    • Desenvolvimento de sistemas eficazes de recolha de resíduos na Europa e investimentos em esquemas como o Flexible Plastics Fund no Reino Unido e o REFLEX na Polónia.
    • Investimento em tecnologia para aumentar a escala e melhorar a triagem e reciclagem, testando embalagens inteligentes em várias marcas em 2022 na Alemanha e França como parte da iniciativa Holy Grail 2.0 Digital Watermarks;
  • A Nova Vida:
    • Procura de conteúdos reciclados fabricados a partir de embalagens flexíveis;
    • Explorar a adoção de embalagens de plástico capazes de serem transformadas em artigos como postes de rua e peças da indústria automóvel.