Reciclagem

El Corte Inglés valorizou 99% dos resíduos produzidos em 2023

El Corte Inglés valorizou 99% dos resíduos produzidos em 2023 Direitos Reservados

No ano passado, o El Corte Inglés gerou 60 tipos de resíduos que permitiram a valorização de 99% dos materiais através do reaproveitamento, reciclagem ou valorização energética.

A primeira empresa de grande distribuição em Portugal a receber a certificação Resíduo Zero da AENOR, em 2021, garantiu que, pelo menos, 90% dos resíduos que gera são valorizados, “evitando que tenham como destino final um aterro”, refere o comunicado de imprensa enviado às redações.

Além dos Grandes Armazéns de Lisboa e Gaia Porto, o El Corte Inglés obteve a certificação para os Armazéns logísticos de Alcochete e Olival e, no último exercício, também para todos os seis Supercor: Restelo, Beloura, Expo, Coimbra, Fluvial e Braga.

De acordo com o comunicado, a retalhista evitou o desperdício de 256 toneladas de alimentos, entre março de 2023 e fevereiro de 2024.

“Esta doação traduz-se em mais de 211 mil refeições, que foram entregues a pessoas em situação de vulnerabilidade, através de várias associações e instituições”, esclarece a nota de imprensa.

A certificação Resíduo Zero permite ainda que todos os produtos alimentares que já não são destinados à venda, mas que estejam válidos para consumo, sejam direcionados para doações alimentares.

 

 

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever