Consumo Ético

Produção sustentável de toda a sua roupa até 2030 é meta da Primark

A Primark anunciou que tem como objetivo que toda a roupa da empresa seja produzida a partir de materiais reciclados ou de origem mais sustentável até 2030, no âmbito da nova ampla estratégia de sustentabilidade da empresa. Em comunicado, a marca revela que atualmente tal já acontece em 25% de todas as vendas.

A nova estratégia a 10 anos, designada Primark Cares, foi concebida para reduzir o desperdício no setor da moda, diminuir para metade as emissões de carbono na sua cadeia de valor e melhorar as condições de vida das pessoas que produzem os seus produtos.

Outro dos compromissos é que, já no próximo ano, todas as t-shirts básicas de homem, mulher e criança passem a ser feitas com algodão de origem sustentável. Além disso, a Primark quer fazer mudanças no processo de design para garantir que as roupas possam ser recicladas quando deixarem de ser usadas de modo a reduzir o desperdício têxtil.

A empresa está ainda empenhada em reforçar a durabilidade das suas roupas, estando a trabalhar para definir novas diretrizes, em conjunto com a WRAP, uma organização sem fins lucrativos do Reino Unido empenhada em acelerar a transição da indústria da moda para a circularidade.

O CEO da Primark, Paul Marchant, considera que “este é um capítulo novo e empolgante na história da Primark. A nossa ambição é oferecer aos clientes os preços acessíveis pelos quais eles nos conhecem e adoram, mas com produtos feitos de uma forma que seja mais favorável para o planeta e para as pessoas que os produzem”.

“Os nossos novos compromissos marcam uma aceleração significativa no ritmo e na escala da mudança, obrigando-nos a pensar de forma diferente sobre a forma como fazemos negócio. Desde a forma como as nossas roupas são concebidas e produzidas, até ao modo como as vendemos nas lojas. Não temos todas as respostas e sabemos que não podemos fazer isto sozinhos. Estamos empenhados em trabalhar em parceria com a indústria para impulsionar uma mudança real em grande escala”, explicou.

Outras mudanças

Para além de mudar a forma como as roupas são produzidas, a Primark irá trabalhar com os seus fornecedores para reduzir para metade as emissões de carbono da sua cadeia de valor. Também serão eliminados todos os plásticos de uso único em toda a operação, reforçando os mais de 500 milhões de itens já eliminados.

A marca pretende também expandir o seu Programa de Algodão Sustentável e vai dar formação aos agricultores para utilizarem mais práticas agrícolas regenerativas. Já ao nível do comércio ético, através de iniciativas já implementadas e da parceria existente com a ACT – Action, Collaboration, Transformation, quer melhorar as condições de vida das pessoas que produzem as roupas.

A Primark vai partilhar mais informação com os clientes nas suas 397 lojas em 14 países acerca das mudanças que estão a acontecer com a campanha “How Change Looks”.

A empresa compromete-se ainda a apresentar relatórios anuais sobre o seu progresso.