Logística

Amazon reduz embalagens para envios em 33%

A Amazon afirmou ter conseguido reduzir, desde 2015, 33% das embalagens envolvidas nos envios através das suas plataformas.

A Amazon afirmou ter conseguido reduzir, desde 2015, altura em que começou os seus esforços de forma mais vincada neste âmbito, 33% das embalagens envolvidas nos envios através das suas plataformas. Segundo o noticiado pela revista Inforetail, com este decréscimo, a Amazon terá conseguido poupar 915 mil toneladas de resíduos, o equivalente a 1.600 milhões de embalagens relacionadas com envios.

Em declarações a esta publicação, Carlos Carús, responsável da Amazon Web Services para Portugal e Espanha, explica que este processo foi possível porque também tornou as operações mais eficientes. “Com menos uso de embalagens em toda a cadeia de abastecimento, o volume por remessa é reduzido enquanto o envio se torna mais eficiente. O resultado final é uma redução drástica nas emissões de carbono. Pode parecer bom demais para ser verdade, mas a verdade é que isso é perfeitamente possível com o uso da tecnologia ”, explica Carlos Carús,

Explica a mesma publicação que, com vista a atingir o objetivo agora anunciado, a Amazon terá usado um algoritmo de aprendizagem automática, através do Amazon SageMaker, sendo que esta tecnologia permitiu ajudar a tomar decisões mais sustentáveis sobre o uso de embalagens.

Na prática, este algoritmo reuniu terabytes de dados relacionados com o produto, mas também informações como o feedback dos clientes relativamente ao serviço prestado. Depois de coligidos os dados, estes foram trabalhados para tomar decisões que permitiram a redução de 33% das embalagens usadas.