Logística

Bases logísticas do grupo Os Mosqueteiros reduzem consumo energético em quase 10%

Consumo energético das bases logísticas do grupo Os Mosqueteiros reduzido em quase 10%

As bases logísticas do Grupo Os Mosqueteiros em Alcanena, Paços de Ferreira e Cantanhede do Grupo reduziram o consumo energético, de forma global, em 9,74%, entre 2020 e 2021.

Segundo explicado em comunicado, essa redução foi possível através de iniciativas que permitiram a redução do consumo de energia, nomeadamente através da adoção de sistemas de iluminação inteligente, equivalente a uma redução de 85% do consumo. Assim como  através da instalação de várias unidades de produção fotovoltaica para autoconsumo, em Alcanena e Paços de Ferreira, que permitiu uma redução de 13% e 23%, respetivamente.

Na unidade de Paços de Ferreira foi ainda efetuada a remodelação das câmaras de frio, com separação das zonas de expedição e receção das zonas de armazenagem, permitindo a redução do consumo de energia dos equipamentos de produção de frio industrial para segurança dos diversos alimentos.

Quanto às emissões de CO2, o Grupo prevê uma redução de 3 350 toneladas de CO2 no espaço de três anos no conjunto das instalações em Alcanena e Paços de Ferreira. Neste sentido, o Grupo aderiu ainda ao Programa Lean & Green, que tem como principal objetivo a redução de emissões de CO2 em 20%, num prazo máximo de cinco anos.

O Grupo Os Mosqueteiros pretende ainda avançar com a expansão da Unidade de Produção para Autoconsumo na base de Alcanena, que permitirá gerar cerca de 30% de energia através da produção fotovoltaica, representando uma redução de 2 500 toneladas de CO2 por ano. O objetivo será a ampliação do parque fotovoltaico, cobrindo com painéis solares a totalidade do parque de estacionamento. O arranque da produção está previsto para o início de 2023.