CE ainda tem mil milhões de euros reservados para TGV

A Comissão Europeia (CE) confirmou agora que ainda tem reservados “cerca de mil milhões de euros” para o projeto do TGV em Portugal, mesmo depois do Governo de Sócrates ter cancelado o concurso público para a construção do troço Lisboa – Poceirão por falta de financiamento.

A Comissão Europeia (CE) confirmou agora que ainda tem reservados “cerca de mil milhões de euros” para o projeto do TGV em Portugal, mesmo depois do Governo de Sócrates ter cancelado o concurso público para a construção do troço Lisboa – Poceirão por falta de financiamento.

Até ao momento o Governo havia apenas dirigido à CE uma proposta para financiamento do troço Poceirão – Caia, à qual a Comissão garantiu um contributo de 350 milhões de euros provenientes do Fundo de Coesão. O mesmo não foi, no entanto, aprovado, pelo adiamento da construção das linhas Lisboa – Porto e Porto – Vigo.

Antes de dar início ao projeto da Rede Ferroviária de Alta Velocidade, o Governo quer obter mais financiamento comunitário para colmatar o que “poderá” neste momento “ultrapassar os 600 a 700 milhões de euros” necessários em financiamento para o TGV, segundo afirmara o secretário de estado dos transportes, Carlos Correia da Fonseca.

Já a CE espera uma posição mais assertiva do Governo português, que pondera destinar aqueles fundos comunitários “para outros projetos de alta velocidade em Portugal”.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever