Consumo Ético

A sustentabilidade sai cara?

A sustentabilidade sai cara?

Adotar um consumo mais sustentável ainda não é para todas as carteiras. Na moda sustentável não há t-shirts a quatro euros, comprar alimentos biológicos ainda sai mais caro do que as alterativas convencionais e na cosmética biológica a preocupação em criar produtos saudáveis pode só trazer poupanças no longo prazo. Há cada vez mais consumidores preocupados com estas questões e que não se importam de pagar o preço da sustentabilidade, mas as empresas dizem estar a apostar na democratização destes produtos para que o preço não seja barreira para um estilo de vida mais consciente.

Adotar um consumo mais sustentável ainda não é para todas as carteiras. Na moda sustentável não há t-shirts a quatro euros, comprar alimentos biológicos ainda sai mais caro do que as alterativas convencionais e na cosmética biológica a preocupação em criar produtos saudáveis pode só trazer poupanças no longo prazo. Há cada vez mais consumidores preocupados com estas questões e que não se importam de pagar o preço da sustentabilidade, mas as empresas dizem estar a apostar na democratização destes produtos para que o preço não seja barreira para um estilo de vida mais consciente.

Artigo exclusivo para utilizadores registados

É necessário iniciar sessão para ter acesso ao artigo completo

Inicie sessão .