Descarbonização

50 maiores economias mundiais investem pouco mais de 2,5% no ambiente

50 maiores economias mundiais investem pouco mais de 2,5% no ambiente

Pouco mais de 2,5% foi o investimento em medidas ‘verdes’ das 50 economias mais importantes do mundo, resultantes de políticas de recuperação da crise causada pela pandemia da covid-19, segundo um relatório noticiado pela Agência Lusa.

O relatório, publicado pelo Observatório da Recuperação Global, impulsionado pelo Programa da ONU para o Meio Ambiente e pela universidade britânica de Oxford, revela que estes países gastaram 368 mil milhões de dólares de um total de 14,6 biliões em medidas de recuperação ambiental de curto e longo prazo.

De acordo com o relatório, cerca de 20% dos planos de recuperação pós-covid eram favoráveis ao meio ambiente em 2020.

Apesar de “o gasto ecológico não ser proporcional à magnitude da crise ambiental”, o relatório elogia o investimento nos transportes públicos, que concentrou 30% dos gastos ‘verdes’.

“A humanidade enfrenta uma pandemia, uma crise económica e um colapso ecológico, não podemos dar-nos ao luxo de perder uma destas frentes”, afirmou, citada num comunicado, a diretora-executiva do Programa da ONU para o Meio Ambiente, Inger Andersen.

O documento, com dados de 2020, analisou 3.550 políticas públicas das 50 economias mais importantes do mundo.