Brasil

Rangel investe 3 milhões para entrar no Brasil

Rangel transporta 22 toneladas de medicamentos para a Guiné Bissau

O Grupo Rangel investiu cerca de três milhões de euros para entrar no mercado brasileiro, país onde criou uma empresa de raiz em São Paulo, que se irá dedicar ao transporte marítimo e aéreo internacional e ao serviço aduaneiro.

Um dos objetivos principais do grupo português é criar um “triângulo logístico de língua portuguesa”, facilitando o fluxo de negócios entre o Brasil, Europa e África (Angola e Moçambique), refere a empresa em comunicado.

“Há muito potencial ao nível da organização logística no Brasil, e, a prazo, iremos apostar também na logística orientada para o segmento dos vinhos”, explica Nuno Rangel, vice-presidente do Grupo Rangel.

A prazo, a estratégia do grupo é expandir e ganhar mais presença no mercado e, segundo Nuno Rangel, esse crescimento poderá acontecer por via de aquisição de empresas locais ligadas à logística e distribuição.“Estamos sempre atentos e poderá haver novidades, oportunamente”, sublinha o responsável.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever