Energias Renováveis

Desenvolvimento de energia marinha junta Schneider Electric e Minesto

Schneider Electric e Minesto juntam-se para desenvolver energia marinha

O desenvolvimento e a construção de parques de energia marinha, com base na tecnologia Deep Green da Minesto, é o objetivo da nova parceria entre a Schneider Electric, empresa de transformação digital da gestão de energia e automação, e a Minesto, empresa na área do desenvolvimento de energia marinha.

Em comunicado, a Schneider Electric revela que a colaboração pretende acelerar a implementação comercial de energia marinha, de forma a permitir uma transição global para sociedades de emissões zero.

Os projetos, que podem variar entre pequenas instalações de microgrid e parques multi-megawatt, serão identificados, avaliados e desenvolvidos em conjunto, incluindo a exploração dos canais de vendas de cada uma das partes. A colaboração entre a Schneider Electric e a Minesto abrangerá o processo completo, desde a integração de sistemas técnicos e gestão de projetos até às oportunidades de venda e financiamento dos mesmos.

“Vamos utilizar esta parceria para estabelecer uma liderança de opinião e informar os decisores sobre as oportunidades e vantagens das novas tecnologias complementares de energia renovável; e, de forma igualmente importante, construiremos sistemas de energia totalmente sustentáveis, alicerçados na geração de energia de base previsível no oceano”, afirmou o CEO da Minesto, Martin Edlund.

Já o Head of Microgrid da Schneider Electric, Matthieu Mounier, comenta que “os utilizadores e produtores de energia exigem cada vez mais soluções sustentáveis para alcançarem os seus objetivos de redução de carbono, ao mesmo tempo que aumentam a sua resiliência de negócio”. “Espera-se que as energias renováveis baseadas nas marés e correntes do oceano contribuam significativamente para essa conquista, tanto para comunidades de energia como para utilizadores remotos”, acrescenta.