Reciclagem

Produção de resíduos diminuiu 1% em 2022

Produção de resíduos diminuiu 1% em 2022

A EGF, empresa responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos em 174 municípios de Portugal e a 60% da população portuguesa, registou um decréscimo da produção total de resíduos em 1% em 2022.  Ao mesmo tempo, a recolha seletiva de embalagens (de plástico, metal, cartão e vidro) aumentou 6% face a 2021.

A receção com origem na recolha seletiva de embalagens foi de 630 mil toneladas.  A receção total de resíduos urbanos teve um decréscimo de aproximadamente 38 mil toneladas.

Os restos alimentares e os resíduos de podas e jardins já representam 13% de todas as recolhas seletivas. Estes biorresíduos são transformados em corretivos orgânicos, um fertilizante 100% natural utilizado na agricultura. Em 2022 foram produzidas 29 mil toneladas deste produto.

Finalmente, as concessionárias EGF exportam 406 GWh para a rede, resultante da produção de eletricidade a partir dos resíduos comuns e dos resíduos biodegradáveis. O valor exportado é equivalente aos consumos domésticos de 110 mil famílias portuguesas.

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever