Economia Circular

Investigadores desenvolvem painel solar que utiliza vapor de água para agricultura

1 s2.0 S2666386422000480 fx1 lrg

Uma equipa de cientistas da Arábia Saudita criou um sistema alimentado por energia solar que permite cultivar espinafre através de água extraída do ar durante a produção de eletricidade, através de um hidrogel. O proof-of-concept design foi publicado na revista científica Cell Reports Physical Science e pretende ser uma estratégia sustentável e de baixo custo para melhorar a segurança alimentar e da água para as pessoas que vivem em regiões de clima seco.

“Uma fração da população mundial ainda não tem acesso a água potável ou energia verde, e muitas delas vivem em áreas rurais com clima árido ou semiárido”, afirma, citado em comunicado, o autor sénior Peng Wang, na King Abdullah University of Science and Technology (KAUST). “O nosso projeto a partir do ar ‘cria’ água através de energia limpa que teria sido desperdiçada e é adequada para explorações agrícolas descentralizadas e de pequena escala em lugares remotos como desertos e ilhas oceânicas”, aponta.

O sistema, chamado WEC2P, é composto por um painel solar fotovoltaico colocado em cima de uma camada de hidrogel, que é montada numa grande caixa de metal para condensar e recolher água. Os investigadores desenvolveram o hidrogel na sua investigação anterior, e o material pode absorver vapor de água do ar e libertar água quando aquecido. O calor residual dos painéis solares ao gerar eletricidade foi a fonte de aquecimento escolhida. Outro pormenor é que o hidrogel aumentou a eficiência dos painéis solares fotovoltaicos até 9%, absorvendo o calor e baixando a temperatura dos painéis.

O teste foi realizado na Arábia Saudita durante duas semanas, em junho, quando estava muito quente. A água recolhida foi utilizada exclusivamente para irrigar 60 sementes de espinafres de água plantadas numa caixa. Ao longo da experiência, o painel solar gerou um total de 1.519 watts-hora de eletricidade, e 57 em 60 das sementes de espinafres de água brotaram e cresceram normalmente até 18 centímetros. No total, cerca de dois litros de água foram condensados do hidrogel durante o período de duas semanas.