Retalho

Roteiro para a Descarbonização do Setor da Distribuição até 2040 é apresentado

APED apresenta Roteiro para a Descarbonização do Setor até 2040

O Roteiro para a Descarbonização do Setor da Distribuição foi apresentado pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED). O objetivo é descarbonizar as atividades do setor até 2040.

“Somos um setor que está na linha da frente nesta ação coletiva, que quer deixar um futuro às próximas gerações e que está ciente dos complexos desafios que a urgência climática nos coloca. Desempenhamos um papel central na cadeia de valor e temos uma responsabilidade acrescida de dar o exemplo no domínio da sustentabilidade. Por isso, entendemos ser o momento certo para dar um novo passo neste domínio, materializado num plano de ação concreto, como é este Roteiro”, afirma a presidente da APED, Isabel Barros.

1665590403390

Os associados da APED, ao longo dos últimos dez anos, tem implementado medidas que permitiram, por exemplo, reduzir 30% no consumo de eletricidade por metro quadrado de área de venda.

“Ao histórico que temos de boas práticas sustentáveis juntamos agora um apelo a uma ação coletiva assente numa plataforma clara e objetiva, que analisou tendências, identificou as melhores práticas e permitiu chegar a um diagnóstico para definir eixos de atuação e compromissos”, conclui a presidente da APED.

Dos 39 compromissos do Roteiro abrangidos pela Carta de Princípios, as empresas deverão assumir um pacote de compromissos mínimos. Para Pequenas e Médias Empresas (PME) são 10 compromissos mínimos. Para as restantes empresas são considerados sete compromissos adicionais, totalizando em 17 (no mínimo). Os restantes compromissos são voluntários, cabendo às empresas selecionar um conjunto dos mesmos, alinhados com as oportunidades da empresa e a sua ambição.

Os compromissos do Roteiro deverão ser assumidos nos prazos definidos: curto prazo (2025), médio prazo (2030) e longo prazo (2040).