Desplastificação

Universidade britânica desenvolve upcycling do plástico à temperatura ambiente

Um novo método para o upcycling dos resíduos plásticos à temperatura ambiente foi desenvolvido por um grupo da Universidade de Bath.

Um novo método para o upcycling dos resíduos plásticos à temperatura ambiente foi desenvolvido por um grupo de investigadores do Centre for Sustainable and Circular Technologies (CSCT) da Universidade de Bath, Reino Unido. Os investigadores esperam que o novo processo ajude a reciclagem a ser mais economicamente viável.

Em comunicado, a universidade explica que o processo de upcycling criado da reciclagem para policarbonatos (tipo de plástico usado na construção e engenharia), através de um catalisador à base de zinco e metanol, consegue quebrar o plástico em 20 minutos.

Os resíduos podem então ser convertidos nos seus componentes químicos, nomeadamente o bisfenol A e o carbonato de dietila, ajudando a preservar a qualidade do produto num número infinito de ciclos.

O catalisador é também tolerante a outras fontes comerciais de policarbonato e de resíduos mistos, ao mesmo tempo que poderá ser favorável a outros plásticos como o PET a temperaturas mais altas. A equipa está a trabalhar atualmente na otimização e escalação do processo.