Logística

Lucros da UPS atingem “máximo histórico” no quarto trimestre de 2015

A UPS anunciou esta terça-feira (2 de fevereiro) os lucros do quarto trimestre de 2015, que atingiram 1,57 dólares por ação, um crescimento de 26% face ao período homólogo que representa um “máximo histórico”, segundo a companhia. Numa nota enviada às redações, a empresa revela que alcançou em 2015 resultados líquidos diluídos e ajustados de 5,43 dólares por ação, o que representa um aumento de 14% em relação aos resultados ajustados de 2014.

A UPS refere também que a receita total no quarto trimestre aumentou “ligeiramente”, para 16,1 mil milhões de dólares, com o crescimento a ser “atrasado por conversões de moeda e sobretaxas de combustível mais baixas.”

“Uma rede integrada e flexível, a estreita colaboração com os clientes e os esforços extraordinários dos ‘UPSers’ permitiram-nos prestar um ótimo serviço e atingir um desempenho financeiro recorde neste trimestre”, refere David Abney, diretor executivo da UPS. “Os resultados deste ano foram conseguidos com base na nossa estratégia plurianual, de modo a oferecer mais valor aos acionistas”. Numa base reportada, o lucro diluído por ação em 2015 foi de 5,35 dólares por ação, quando em 2014 foi de 3,28 dólares por ação.

UPS entrega 4,7 mil milhões de pacotes em 2015

Durante o quarto trimestre de 2015, a UPS entregou 1,3 mil milhões de pacotes, um crescimento de 1,8% face ao período homólogo. Por sua vez, na totalidade do ano, o número de pacotes entregues atingiu os 4,7 mil milhões, mais 2,1% do que no mesmo período de 2014.

A empresa reporta também que as operações de exportação aumentaram ligeiramente, lideradas pelo crescimento nas regiões da Europa e das Américas. Por outro lado, “o crescimento em produtos transfronteiriços europeus e as exportações para os EUA compensaram a queda nas exportações dos EUA e da Ásia.”

No que se refere à área Supply Chain & Freight, a UPS conta que o lucro operacional ajustado aumentou 11%, 199 milhões de dólares acima dos resultados ajustados do quarto trimestre de 2014. A receita total do segmento aumentou 6%, para 2,6 mil milhões de dólares.

A área Freight Forwarding, por sua vez, “gerou ainda um aumento de lucro operacional e a expansão de margens, apesar da diminuição em tonelagem. A International Air Freight beneficiou de iniciativas de qualidade da receita, que quando combinada com uma queda nas taxas de compra resultou nos melhores spreads alcançados desde há muitos anos. A receita UPS Freight LTL por 100 medidas de peso aumentou 2,1%.”

“Este foi o quarto trimestre consecutivo em que a UPS excedeu as nossas expectativas financeiras”, conclui Richard Peretz, Diretor Financeiro da UPS. “O negócio da UPS gerou resultados muito importantes em 2015. Mesmo com condições macroeconómicas incertas, continuamos a investir tendo em vista o crescimento rentável. A nossa orientação para o lucro diluído de 2016 por ação situa-se entre os 5,70 e os 5,90 dólares por ação, representando um aumento de 5% a 9% ao longo de 2015 em termos de resultados ajustados. Excluindo os créditos fiscais discretos de 2015, a taxa de crescimento situa-se entre os 7% e os 11%.”

Não perca informação: Subscreva as nossas Newsletters

Subscrever